login

Notícias

Pernambucanas cresce mais de 1.000% no e-commerce

Avalie este item
(1 Voto)
O faturamento do e-commerce da Pernambucanas cresceu 1.081% no ano passado. 
Apesar da crise global decorrente da pandemia de Covid-19, a varejista também registrou um crescimento de 14% nas vendas após a retomada das lojas físicas e um recorde na abertura de unidades pelo País.
 
As iniciativas figitais, que integram os universos físico e digital, ganharam força em 2020. A venda pelo WhatsApp, no modelo drive-thru, se tornou mais um canal de compra aos clientes e adicionou R$ 38 milhões em vendas no ano. O “Clique e Retire”, que permite a compra pelo aplicativo da marca e retirada em uma das lojas físicas, passou a representar 38% das vendas dos canais onde a modalidade é aplicável. Dessa forma, as vendas figitais, após o crescimento de 65% no ano, passaram a ter representatividade de mais de 15% no total, um acréscimo de 6% contra o ano anterior.
Com isso, a Pernambucanas expandiu a base de clientes figitais, que são os que apresentam maior frequência de compra (mais de 67%) e ticket médio (mais de 109%).
 
Os dados são do balanço financeiro da companhia. O Ebitda ajustado positivo foi de R$ 358 milhões, mesmo diante das restrições de funcionamento do varejo.
 
Primeira fintech do varejo com Pix
Em 2020, a Pefisa, braço financeiro do grupo, foi a primeira fintech do varejo a receber autorização para operar o Pix, implantado em 100% das unidades, com mais de 306 mil chaves cadastradas. A Pefisa totalizou mais de 5 milhões de Contas Digitais Pernambucanas, 1,2 milhão de cartões emitidos e R$ 3 milhões transacionados na Carteira Digital Pernambucanas.
 
A empresa abriu 38 lojas em diversas regiões do Brasil, gerando 1.100 empregos diretos que somaram R$ 125 milhões em vendas, 43 mil apólices de seguros, 55 mil assistências, 115,5 mil cartões emitidos e 40,5 mil Contas Digitais Pernambucanas ativadas.
 
“Nossa cultura une resiliência e valores sólidos, por isso a Pernambucanas escolheu enfrentar esta crise com coragem. Acolhemos nossos colaboradores, clientes e fornecedores durante a pandemia, beneficiando milhares deles com carência, renegociações e crédito. A Pernambucanas encerra o ano de 2020 com o marco de 412 lojas, combinando resultados financeiros com prosperidade social, e segue firme transformando o seu propósito de Evoluir junto com as famílias brasileiras”, afirma o CEO da Pernambucanas, Sergio Borriello.
 
O apoio aos clientes foi uma das principais iniciativas do ano. O “Acordo Covid-19”, criado para renegociar dívidas, beneficiou mais de 335 mil pessoas com cerca de R$ 100 milhões em crédito. Mais de 15 milhões de ligações foram feitas aos clientes para o esclarecimento de dúvidas.
 
Fonte: New Trade
Redação - Portal Prevenir Perdas

Este Portal tem como objetivo disseminar a cultura de Prevenção de Perdas, Auditoria e Gestão de Riscos nas empresas, através da publicação de artigos, fóruns de discussões e matérias relacionadas ao tema. Está direcionado para estudantes, profissionais da área e para aqueles que buscam o conhecimento de um assunto tão abrangente e, principalmente, proporcionar o intercâmbio de informações constituindo um fórum permanente.

Entre para postar comentários

Login or criar uma conta